quinta-feira, 31 de agosto de 2017

JÚPITER EM TRÂNSITO PELA CASA I



Uma onda de otimismo e confiança caracteriza este período, e você irradia muitas das suas qualidades positivas as quais podem abrir-lhe muitas oportunidades. As crenças acerca de você mesmo (a) que limitaram no passado o que estava disposto (a) a alcançar na sua vida, têm uma influência menos poderosa e você viverá uma sensação ampla de possibilidades e desejos para o seu futuro.
Existe também uma tendência a que se expanda fisicamente, por isso tenha cuidado em não exagerar com as coisas boas da vida.
Indica-nos a direção a tomar, como nos prepararmos para o futuro e nos incita à ação. Ao dotar-nos de uma intuição justa, define as nossas necessidades e os nossos desejos. Este trânsito marca o começo de uma ação. Inaugura um período próspero, que nos desperta um forte apetite pela vida.
Devemos ter cuidado. Entre o otimismo e a embriaguez eufórica, entre o apetite e a calúnia, há apenas um passo, que não deve ser dado. A realidade pode nos chamar à ordem: não somos invencíveis e o êxito tem o seu momento.


domingo, 30 de julho de 2017

VÉNUS NATAL NA CASA 1



Se entendemos a Casa 1 como a descrição da forma em que melhor realizamos a nossa própria e peculiar identidade, ter nela Vénus faz pensar que a vida será recebida de braços abertos.
Este posicionamento indica uma natural necessidade de se relacionar com os outros mediante a sensibilidade, o requinte e  boa vontade.
Mas, embora estas pessoas se encontrem a si mesmas ao serem harmoniosas e complacentes, existe o perigo de que, ao tentar serem tudo para todos, terminem perdendo-se elas mesmas.
Vénus na Casa 1 recorda-nos que também temos de nos amar e respeitar a nós mesmos. De facto, o sentimento do próprio valor e uma certa autoestima são importantíssimos para ter uma visão mais clara das outras pessoas e poder amá-las. Se apreciamos o nosso próprio valor, poderemos apreciar o das outras pessoas. Se nos aceitamos, torna-se mais fácil aceitar os outros.
Se os nativos que têm Vénus nesta casa não aprendem a amar-se e respeita-se a si mesmos, é possível que manipulem as pessoas para consegui-lo. Como a proverbial coquete, empenham-se para obter o máximo de elogios e atenção possíveis, porque assim se demonstram o seu mérito e o seu valor.
Algumas pessoas que têm Vénus na casa 1 jamais deixam o cinturão de Afrodite: fazem gala de uma evidente sedução, que sempre podem usar em seu próprio benefício, podem mesmo chegar a ser abertamente traiçoeiras.
Com frequência, Vénus neste posicionamento exibe a beleza física ou uma que exerce a sua atração sobre os outros. São pessoas que podem, literalmente, encarnar as melhores qualidades do signo onde está posicionada Vénus na casa 1. Mesmo se não contam com a tradicional boa presença,  serão simpáticos e atraentes graças à sua capacidade de apreciar e admirar.
Na casa 1, necessitamos que a nossa presença seja reconhecida. Os doces devaneios de Vénus podem ser muito encantadores, mas se os leva demasiado longe podem chegar à negligência (sentar-se   e esperar que as coisas venham ao encontro ).
Se está com bom aspeto, este posicionamento indica uma educação harmoniosa na infância, que dota a pessoa de um sentimento positivo de si mesma e de uma visão otimista da vida.
Tem uma grande beleza e encanto pessoal. A sua simpatia e gentileza conquistarão as pessoas que o (a) conhecem. As suas maneiras são suaves e delicadas e sentirá desagrado pelos  ruídos, a violência e os problemas. Em vez disso desenvolverá um grande sentido estético e pode destacar-se nalguma atividade artística. Esta mesma influência torna-o (a) bem sucedido (a) nas suas relações sociais porque será muito amado (a) e procurado (a). O seu tom cálido e agradável terá um efeito relaxante sobre os outros. Sentirá uma grande atração pelos prazeres em geral e portanto, deverá ter bons hábitos alimentares. A música suave e as cores pastel exercerão sempre um efeito calmante sobre o seu temperamento. Preocupar-se-á por se apresentar bem e o seu gosto será refinado. Isto realçará a sua beleza física inata. Resolverá os seus conflitos com diplomacia e tato evitando todas as tensões.
Do lado negativo, pode tender à comodidade, sendo preguiçoso (a) e indulgente. Será pouco cooperante  e procurará ser sempre atendido (a) pelos outros em vez de se arranjar sozinho (a). De uma ou de outra maneira, o seu encanto será irresistível.
É muito consciente da sua aparência pessoal, atratividade e carisma e pode ser um tanto narcisista, por outro lado, preocupa-se por estar em companhia dos outros e tem uma maneira agradável e acolhedora que as pessoas acham muito atraente. Usa o seu tato e carisma para conseguir o que quer em vez de fazer esforços intensos ou usar a força. O seu desejo de amor e afeto esclarece tudo o que faz.
                                        

sexta-feira, 23 de junho de 2017

SOL EM TRÂNSITO EM ASPETO COM PLUTÃO NATAL



EM ASPETO POSITIVO:
Manifestam-se impulsos profundos que provêm às vezes do nosso passado distante. Mas a nossa força psíquica permite-nos analisá-los e depois usá-los para criar. Somos dinâmicos, potentes e gozamos também de certo magnetismo.

EM ASPETO NEGATIVO:
O nosso poder de influência sobre as outras pessoas é forte neste momento, dando-nos um poder de alterar o nosso meio assim como as relações. Os impulsos mal canalisados podem desestabilizar-nos. Devem temer-se a ansiedade e também a angústia. Devemos procurar direcionar esse excesso de energia para algo prático e construtivo, como limpar as coisas, concertá-las e reorganizá-las.

SOL EM TRÂNSITO EM CONJUNÇÃO COM PLUTÃO NATAL:
Algo que tem estado perdido ou oculto pode voltar à luz agora. Os segredos, sentimentos e desejos enterrados há algum tempo poderão ser revelados. Este é também um momento no qual pode chegar facilmente a extremos. Você submerge-se profundamente e, até mesmo,  chega a ser um tanto obsessivo (a) no que está fazendo. O funcionar para além dos seus próprios limites pode ser destrutivo agora.

SOL EM TRÂNSITO EM SEXTIL COM PLUTÃO NATAL:
Existem oportunidades para a partilha profunda e poderosa, contactos  significativos com os outros, especialmente com pessoas que partilham o mesmo objetivo ou ideal. Uma oportunidade para uma função de liderança é também provável.

SOL EM TRÂNSITO EM TRÍGONO CON PLUTÃO NATAL:
Este é um momento excelente para eliminar tudo o que seja desnecessário ou antiquado na sua vida, desde a desordem à sua volta, até  uma relação doentia, ou ainda, uma atitude contida por muito tempo ou crença que o (a) limite de fazer o que realmente quer na sua vida.
Também, está mais perspicaz do que o habitual. Vê os outros mais  claramente e pode descobrir um segredo ou um aspeto oculto de alguma situação.
Algo perdido, oculto ou esquecido, pode vir à luz.

SOL EM TRÂNSITO EM QUADRATURA COM PLUTÃO NATAL:
Aspetos subjacentes ou anteriormente ocultos de uma situação vêm agora à luz.
O mau uso do poder pessoal, dominar ou manipular os outros e as formas subtis em que tenta controlar  as situações ou outra pessoa, são os assuntos principais. Aparece o tirano que há em si, ou se encontra lidando com o lado mais difícil, obscuro e tirânico de outras pessoas.
Além disso, pode ser este um momento no qual se vê forçado (a) a confrontar e a lidar com algo que já não funciona mais, desde bens antigos e desgastados, até uma relação doentia ou uma atitude profundamente arraigada de autoderrota.

SOL EM TRÂNSITO EM OPOSIÇÃO COM PLUTÃO NATAL:
Confronta diretamente algo que tem estado oculto, esquecido ou ignorado por muito tempo. Os assuntos não resolvidos nas relações pessoais agitam-se e as causas profundas por um aspeto problemático ou doloroso de uma relação podem ser trazidas à luz.
O poder pessoal e o controlo são temas importantes para si no momento, e se tem demasiado poder (por exemplo: poderá ser manipulador ou tirânico) ou muito pouco poder (por exemplo: extremamente passivo ou cai facilmente no papel de vítima), então ver-se-á enredado (a) em problemas de poder com os outros.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...